terça-feira, 6 de abril de 2010

Letras emendadas

Palavras!
com elas podemos tantas coisas...
estourar  a revolução
guardar na moldura da janela um amor
bobear um malandro samba-canção
costurar no guardanapo uma cantada sem valor

Palavras!
a gente vive e morre pela boca
engolindo-cuspindo-ruminando letras emendadas
e um leque de possibilidades abrindo-fechando
caras, cores, doses, muros, horas desbotadas
vivências do ser-estar bem-mal tratadas...


Fran Yan Tavares

2 comentários:

beterraba disse...

essa é da boa. palavra falando da palavra, mania humana. assim, o pensamento destrava.

faço-lhe um convite sincero e fraterno.
vamos destravar
e tomar duas pra lavar?

[a esse "duas" o que melhor aparecer no dia]

forte abraço!

Lucia Polonio disse...

Inspiradas palavras... texto lindíssimo! Beijos poéticos